Maneater – Análise

Cuidado com os tubarões!

 

O lançamento de Maneater foi uma surpresa muito interessante no nosso mercado de games, este é um título de RPG de ação que foi desenvolvido e publicado pela Tripwire Interactive e pela distribuidora parceira Deep Silver, este game rapidamente vem conquistando os jogadores do mundo inteiro, vamos conferir todos os detalhes ao decorrer desta analise completa e sem spoilers.

Maneater chegou ao nosso mercado oficialmente em 22 de maio de 2020 para as plataformas do Xbox One, PlayStation 4 e Computador (PC), uma versão para Nintendo Switch também deve ser lançada em breve.

CHEGOU A HORA DA CAÇA!

Desde os seus primeiros momentos em Maneater o jogador percebe que sua jornada não será fácil, você vai controlar um “tubarão-cabeça-chata” que busca vingança contra um caçador chamado “Scaly Pete” que matou a sua mãe. Mas, para realizar seu objetivo você precisa devorar peixes dos mais diversos tipos, banhistas e caçadores que estão no seu encalço, e assim adquirindo experiência e tornando o seu tubarão ainda mais forte.

O game apresenta um grande mundo aberto dividido em 7 regiões para serem exploradas e com incontáveis criaturas para se alimentar. Toda a ambientação do jogo se mostra realmente agradável e os detalhes durante a sua caçada pode chegar a assustar os jogadores menos preparados, pois existem altos níveis de violência.

Por outro lado, o jogo também possui um tom de comédia em seus diálogos, proporcionando momentos muito divertidos enquanto você avança em sua jornada.

UM TUBARÃO PODEROSO!

O seu tubarão tem habilidades diversas que vão desde realizar grandes saltos fora da água e até mesmo usar a cauda para rebater objetos e também atordoar as suas presas. Devorar as criaturas podem conceder recursos e nutrientes que tornam o seu tubarão mais poderoso e isso permite a realização de evoluções, aumentando o seu tamanho e adquirindo upgrades como armaduras ósseas, glândulas venenosas e órgãos bioelétricos. Tudo isso também vai permitir que você se torne o maior e mais poderoso predador ao decorrer da sua jornada.

AS REGIÕES PARA EXPLORAR!

Ao decorrer desta nossa análise de Maneater podemos notar que cada uma das regiões do jogo apresentam também predadores fortes e diversificados, como baleias, crocodilos, lulas, tubarões, etc. Tudo isso tornando a sua experiência mais diversa em cada região explorada. Ao explorar as regiões o jogador também pode perceber facilmente que cada uma possui criaturas diferentes para serem devoradas (e também animais perigosos).

MOVIMENTANDO SUA VISÃO!

Algo que não podemos deixar de mencionar, é com relação à câmera do jogo, durante o seu gameplay existem momentos em que precisamos focar rapidamente em um inimigo, mas a trava de mira não “trava” a sua mira no alvo completamente, ela apenas direciona a sua câmera para o alvo naquele momento, e isso faz com que você acabe se perdendo nos comandos em momentos onde a sua presa (ou predador) se esquiva e se movimenta com muita rapidez, mas, isso pode ser facilmente resolvido em uma atualização futura.

ASPECTO SONORO

Um dos pontos mais interessantes em Maneater é a presença de uma dublagem completa em Português do Brasil, proporcionando momentos com diálogos divertidos ao decorrer da sua jornada. Em diversos momentos os diálogos fazem parecer que estamos realmente em um tipo de documentário sobre estes animais marinhos. Vale mencionar também que os efeitos de som ambiente e das suas presas sendo dilaceradas, tornam tudo ainda mais interessante para o jogador.

CONCLUSÃO

O jogo Maneater rapidamente atraiu a atenção dos jogadores pelos seus momentos viscerais e que também diverte através de horas de gameplay. Seja por conta da sua dublagem no nosso idioma ou os momentos divertidos de diálogos, uma coisa é certa, este titulo traz uma experiência inesperada e interessante. Contudo, vale notar que apesar de possuir um belo visual, algumas das animações de movimentação (dos banhistas, por exemplo) não possuem uma qualidade muito elevada. No início o jogador também pode notar uma certa dificuldade para dominar completamente os comandos do seu tubarão, mas não é nada que não possa ser aprendido após alguns momentos jogando.


Jucélio “Lenda” Verissimo
Xbox One

Maneater foi gentilmente cedido pela Tripwire Interactive e Deep Silver para a realização desta análise.

Esta review representa a nossa opinião diante de tudo o que vimos e experimentamos, sabemos que cada pessoa possui opiniões diferentes em alguns aspectos, por isso sempre encorajamos que todos experimentem e tirem as suas próprias conclusões.

PONTOS POSITIVOS:

◆ Oferece uma experiência com momentos divertidos e empolgantes;
◆ Possui dublagem (áudio) completa para o nosso idioma (PT-BR);
◆ Inimigos e predadores diversificados em cada região;
◆ Grande mundo para explorar livremente;

PONTOS NEGATIVOS:

◆ Alguns dos comandos da câmera se mostram confusos durante o gameplay;
◆ Algumas animações não são muito agradáveis, como a movimentação dos banhistas ao correrem desesperadamente;
Jogabilidade
6.4
Aspecto Visual
7.2
Aspecto Sonoro
8.7
Dificuldade
7.9
História
8
Diversão
10

Sobre o autor

Jucélio Verissimo
Jucélio Verissimo
2 anos como responsável pela Lenda Games, criando conteúdo em texto e streaming. Grande fã da banda finlandesa "Poets of the Fall". Considero os melhores jogos de todos os tempos como Grim Fandango, Twinsen's Odyssey, Final Fantasy VIII e Diablo 2, também sou o Fundador da Lenda Games.

RELACIONADOS

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

LANÇAMENTOS

Redes Sociais

20,713FansLike
984FollowersFollow
2,848FollowersFollow

PUBLICIDADE

PARCEIROS VERIFICADOS

PUBLICIDADE

ACOMPANHE NO FACEBOOK

PUBLICIDADE