Assassin’s Creed: Valhalla – Análise

A Ubisoft Montreal trabalhou duro no desenvolvimento de Assassin’s Creed: Valhalla, o mais novo título de uma das franquias mais famosas da Ubisoft e que chegou conquistando milhares de jogadores e fãs ao redor do mundo, vamos conferir todos os detalhes do game ao decorrer desta análise completa e sem spoilers.

Assassin’s Creed: Valhalla foi lançado oficialmente em 10 de novembro de 2020 para as plataformas Xbox One, PlayStation 4, Computador (PC), o game também está disponível nas plataformas Xbox Series X/S, PlayStation 5 e Google Stadia.

O MUNDO DOS VIKINGS

A nossa jornada em Assassin’s Creed: Valhalla acontece em um período onde ocorrem grandes invasões viking na Grã-Bretanha, o jogador tem o controle de um personagem conhecido como ‘EIVOR’, um poderoso guerreiro viking que pode ser escolhido entre homem ou mulher, oferecendo uma boa liberdade para todos os jogadores.

Assim como nos títulos anteriores da franquia, a história do jogo também nos leva a tempos modernos, onde controlamos Layla Hassan, uma ex-pesquisadora da Abstergo que esta buscando por respostas para solucionar problemas que estão afetando o mundo. Não vamos nos aprofundar muito na história para evitar spoilers significativos para a experiência do jogador.

O visual do game é incrivelmente belo ao decorrer das suas mais diversas regiões, sejam em áreas rochosas, nevadas, florestas ou até mesmo no mar, é facilmente perceptível os excelentes detalhes que foram criados pelos desenvolvedores, o título é uma experiência que surpreende até mesmo em sua versão básica no console Xbox One (console utilizado para esta Review).

Outro ponto interessante que devemos notar é com relação a tradução do jogo em nosso idioma, o título se encontra totalmente localizado em Português do Brasil (Áudio e Texto) e todas as vozes dos personagens foram muito bem trabalhadas, isso permite que os jogadores brasileiros tenham uma imersão mais profunda com relação aos acontecimentos do game.

DIFICULDADE E GAMEPLAY

O game apresenta 4 modos de dificuldade de combate, sendo elas as dificuldades “Escaldo (Fácil), Viking (Padrão), Berserker (Difícil) e Drengr (Muito difícil)”. Além disso o jogo também permite selecionar a “dificuldade de furtividade”, no qual ajusta a atenção e percepção dos inimigos, esta dificuldade pode ser “Aprendiz (Fácil), Assassino (Padrão) ou Mestre Assassino (Difícil)”.

E isso não é tudo, existe uma terceira opção de dificuldade chamada de “dificuldade de exploração”, aqui você pode escolher entre “Aventureiro, Explorador ou Desbravador”, estas opções alteram as informações da bussola e indicações de locais pelo mapa, tornando a sua experiência ainda mais interessante.

Vale notar que no jogo existe uma barra de “vigor” que é drenada ao realizar ações como “esquiva” ou se o jogador errar um ataque, quando está barra de energia se esgota você fica impossibilitado de bloquear ou esquivar de ataques inimigos por alguns segundos, mas está barra se regenera automaticamente conforme o tempo ou ao acertar ataques nos inimigos.

CONQUISTANDO PODER

Em Assassin’s Creed Valhalla o jogador tem a liberdade de coletar recursos pelo caminho, estes recursos podem ser minérios para aprimorar sua base, equipamentos ou até mesmo alimentos que mais tarde podem ser transformados em rações para regenerar a vida do jogador.

O nosso personagem possui 3 espaços principais de armas e cada arma proporciona um estilo único de combate, as armas utilizadas podem ser de uma ou duas mãos e existe até mesmo a possibilidade de utilizar grandes lanças e machados poderosos.

Também podemos utilizar escudos e arcos que podem ser de 3 diferentes tipos e oferecem um estilo de ataque a distância, ideal para uma aproximação estratégica em determinados momentos.

Além destes tipos de armamentos, também existe a possibilidade de alterar equipamentos de capacete, botas, calças, camisa, etc. Tornando o seu personagem ainda mais poderoso ao decorrer da sua jornada.

HABILIDADES DIVERSAS

Durante o gameplay podemos notar que existe uma grande arvore de habilidades que aumentam os atributos do seu personagem (vida, resistência, dano, etc), e também desbloqueiam novas habilidades especiais de luta, oferecendo um combate mais dinâmico.

Ao avançar no jogo você ganha pontos de habilidade que podem ser gastos em “nodos” na sua arvore de habilidades, estes nodos aprimoram as capacidades de luta do seu personagem e são divididos em 2 categorias, sendo elas os “nodos de atributos” que melhoram as capacidades básicas do personagem, e os “nodos de habilidades” que desbloqueiam novos golpes especiais para utilizar durante as lutas.

Outro detalhe interessante é que você pode encontrar “livros de aprendizado” em determinados lugares do jogo, através destes livros você pode desbloquear “aptidões” que são tipos de golpes poderosos que consomem a adrenalina do seu personagem, você pode utilizar até 8 aptidões no seu personagem. Vale notar que se você encontrar livros repetidos, a sua habilidade de aptidão é automaticamente aprimorada.

ATIVIDADES EXTRAS

Em Assassin’s Creed Valhalla o jogador pode realizar uma serie de atividades secundarias que oferecem uma experiência diversificada e interessante, como por exemplo os “duelos de repente” que ao vencer permite aumentar o nível de carisma do nosso personagem, melhorando este nível você pode ter acesso a opções de dialogo especiais ao decorrer da sua jornada, jogar partidas de “Orlog”, beber hidromel e mais.

Além disso, o jogador também pode visitar um “salão de tatuagem e barbearia” para então colocar tatuagens no corpo seu personagem ou alterar o estilo de cabelo/barba, tornando o seu personagem diferente através do seu próprio jeito.

Também devemos mencionar que o jogador pode realizar ataques de maneira mais furtiva durante boa parte das suas missões, e pode se atacar de cima ou se esconder na vegetação, onde também é possível “assoviar” para atrair inimigos próximos.

EQUIPAMENTOS E MELHORIAS

Os equipamentos do seu personagem também podem passar por melhorias, basta coletar recursos ao longo do caminho e assim serem utilizados para tornar seus itens ainda mais poderosos ao aprimorar as estatísticas básicas de cada item.

Estas melhorias não se limitam apenas a sua armadura, mas também podem ser realizadas na sua “aljava”, oferecendo assim a capacidade de levar mais flechas durante a sua jornada ou até mesmo na “bolsa de rações” que permite levar mais itens de cura.

Durante a sua jornada você poderá aprimorar a sua base e assim desbloquear novos recursos e atividades, como por exemplo contratar mercenários “Jomsvikings” que podem se unir a sua equipe de tripulação.

Além das recompensas de missão, o jogador também pode vasculhar casas e até mesmo encontrar baús com ótimos recursos valiosos, por conta disso o jogo mostra muitas vantagens em explorar cada região visitada.

LOCALIDADES E INCURSÕES

O mapa do jogo é dividido em diversas e grandes regiões, como Ânglia Oriental, Sussex, Gloucestershire, Yorkshire e Cambridge, cada uma destas regiões possuem suas próprias ambientações, desafios e segredos únicos para serem descobertos. O jogador também tem em sua companhia o corvo “Synin” que pode ser utilizado ao pressionar um botão e assim observar o ambiente do alto, localizando inimigos e pontos importantes.

Ao navegador pelos mares o jogador tem a liberdade de “invadir” diversos lugares, estas são chamadas “incursões” e que na maioria das vezes oferece a possibilidade de conseguir baús com suprimentos e matérias primas de recursos para melhorar a sua base.

Vale notar que mesmo possuindo um navio e percorrendo grandes regiões no mar, não é possível realizar ataques a outros navios no mar da mesma maneira que acontecia em Assassin’s Creed Odyssey.

CONCLUSÃO

Durante a nossa jornada em Assassin’s Creed Valhalla foi possível notar diversos pontos interessantes e muitas vezes superiores em relação ao seu antecessor, com destaque para a sua excelente qualidade visual e mecânicas de luta que estão mais brutais do que nunca, tudo isso nos permitiu ver este título como o melhor da franquia lançado nos últimos anos.

Contudo, devemos notar que o título possui um gameplay que pode facilmente ultrapassar 40 horas, então prepare-se para uma jornada realmente longa, também devemos mencionar que notamos que o tempo de carregamento inicial e nos momentos de “viagem rápida” são relativamente longos nos consoles da antiga geração (Xbox One, PS4), mas isso não é um problema na atual geração (Xbox Series X/S, PS5).


Jucélio “Lenda” Verissimo
Xbox One

Assassin’s Creed: Valhalla foi gentilmente cedido pela Ubisoft para a realização desta análise.

Esta review representa a nossa opinião diante de tudo o que vimos e experimentamos, sabemos que cada pessoa possui opiniões diferentes em alguns aspectos, por isso sempre encorajamos que todos experimentem e tirem as suas próprias conclusões.

PONTOS POSITIVOS:

◆ A qualidade visual está incrível, mesmo nos consoles mais básicos (Xbox One e PS4);
◆ Oferece uma grande quantidade de atividades extras e lugares para explorar;
◆ Acompanha localização completa em PT-BR (Áudio e Texto);
◆ O estilo de gameplay é mais brutal do que nunca;

PONTOS NEGATIVOS:

◆ Embora possua facilmente mais de 40 horas de gameplay, a campanha principal algumas vezes passa uma sensação de prolongar mais do que deveria;
◆ Alguns tempos de carregamento se mostraram bastante longos nos consoles Xbox One e PS4, mas isso não é problema na nova geração;
Jogabilidade
9.2
Aspecto Visual
10
Aspecto Sonoro
10
Dificuldade
9.4
História
8.5
Diversão
9

Sobre o autor

Jucélio Verissimo
2 anos como responsável pela Lenda Games, criando conteúdo em texto e streaming. Grande fã da banda finlandesa "Poets of the Fall". Considero os melhores jogos de todos os tempos como Grim Fandango, Twinsen's Odyssey, Final Fantasy VIII e Diablo 2, também sou o Fundador da Lenda Games.

RELACIONADOS

PUBLICIDADE

-Advertisement-

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

-Advertisement-

PUBLICIDADE

LANÇAMENTOS

Redes Sociais

20,381FansLike
984FollowersFollow
2,938FollowersFollow

PUBLICIDADE

-Advertisment-

PARCEIROS VERIFICADOS

PUBLICIDADE

-Advertisment-

ACOMPANHE NO FACEBOOK

CONSOLES