Ghost of Tsushima – Análise

Lute como um samurai!

 

O jogo Ghost of Tsushima foi desenvolvido pelo estúdio Sucker Punch Productions e publicado pela Sony Interactive Entertainment, este novo título apresenta uma história intrigante e repleta de acontecimentos desafiadores, vamos conferir todos os detalhes do jogo ao decorrer desta análise sem spoilers.

O lançamento de Ghost of Tsushima foi realizado em 17 de julho de 2020 exclusivamente para a plataforma de videogames da Sony, o PlayStation 4.

O MUNDO DOS SAMURAIS

Nossa jornada começa em um momento de batalhas causadas pela primeira invasão mongol ao Japão em 1274, o jogador controla o personagem Jin Sakai na ilha de Tsushima, um samurai que deve lutar contra as forças inimigas que ameaçam o destino do seu povo.

Desde os primeiros momentos em Ghost of Tsushima podemos notar uma ambientação rica em detalhes, seja através de grandes campos abertos ou em áreas mais fechadas. Contudo, ao decorrer do jogo podemos notar algumas texturas em áreas especificas que não são tão bem detalhadas (como algumas áreas rochosas).

Embora sua aventura tenha inicio na região de Izuhara, você poderá notar que existem 3 grandes regiões no jogo, a segunda região é Toyotama e a terceira se chama Kamiagata, cada uma oferece grandes desafios e mistérios para serem descobertos.

BUSCANDO O SEU OBJETIVO

Algo realmente curioso que rapidamente percebemos em Ghost of Tsushima é que devemos nos guiar através do vento, utilizando o ‘touchpad’ do DualShock 4 podemos ver a movimentação do vento que mostra a direção no qual esta o nosso objetivo. Durante o inicio este tipo de mecânica pode se mostrar um pouco confusa, mas vale notar que também podemos abrir o menu do jogo e ver o mapa completo e os objetivos, facilitando a localização do seu próximo destino.

Além das missões principais, também existem diversos objetivos secundários para realizar pelo mapa, mas de um modo geral as missões não são muito complexas, por outro lado também existem “missões míticas” que podem ser localizadas pelo seu “ícone azul” no mapa do jogo, estas missões concedem boas recompensas e permite que o jogador descubra algumas habilidades únicas para o seu personagem, vale notar que as missões do jogo são chamadas de “contos”.

LUTANDO COMO UM SAMURAI

Se existe algo que sem duvidas merece elogios em Ghost of Tsushima é o seu sistema de combate, o jogo possui um sistema de luta que é fluido e divertido, isso é algo que foi muito bem trabalhado pelos desenvolvedores da Sucker Punch. Também existe a possibilidade de aparar golpes específicos ao se defender no momento certo, e assim realizar um contra ataque com mais eficácia.

Em seu gameplay você pode realizar facilmente golpes leves, pesados e até mesmo utilizar ataques com golpes especiais, causando muito mais dano aos inimigos. Mas isso não é tudo, você também tem a liberdade de utilizar arco e flecha, kunais e até bombas explosivas para causar ainda mais dano aos inimigos.

O jogador pode notar que é possível alternar entre posturas de luta que são mais eficazes contra inimigos específicos, como a postura do vento, lua, água e a postura de pedra que é eficaz contra inimigos espadachins, estas posturas podem ser desbloqueadas ao decorrer da sua jornada.

Embora você lute como um samurai e possa atacar os inimigos frente a frente, você também pode lutar de maneira furtiva e atacar pelas costas dos inimigos, se esgueirar pelo ambiente e assassinar diretamente das sombras.

DESAFIOS E LOCALIDADES

O jogo apresenta diversos templos e desafios que podem ser realizados em sua jornada, ao concluir estes desafios o seu personagem ganha recompensas, como o desafio do bambu que concede melhoria a sua barra de determinação, fontes termais que melhoram a sua barra de saúde, tocas de raposa, e mais.

Outro ponto curioso é que em determinados lugares do jogo podemos encontrar alguns pássaros amarelos, ao segui-los pelo caminho localizamos locais escondidos. Mas esteja sempre atento, em diversos lugares as estradas podem conter inimigos para enfrentar.

Algo que também vale apena mencionar são os chamados haikus, um tipo de ‘poema’ que pode ser desbloqueado em locais específicos em que o personagem pode ‘observar o ambiente’ e assim desbloquear mais equipamentos.

O game também oferece um sistema de viagem rápida, ou seja, você pode acessar o mapa e se ‘teleportar’ rapidamente para um local que você já visitou, isso economiza muito o tempo do jogador que precisa se movimentar para locais distantes.

EQUIPAMENTOS E MELHORIAS

Ao decorrer da nossa jornada podemos encontrar também diversas armaduras incríveis de samurais, estes equipamentos podem melhorar determinados atributos do nosso personagem, você também pode conquistar amuletos que concedem ainda mais melhorias. São muitas possibilidades que garantem dezenas de horas de diversão para os jogadores que buscam tirar máximo proveito do jogo.

Ao realizar as missões pelo caminho o jogador pode ganhar pontos para distribuir em uma diversificada arvore de habilidades, permitindo melhorar o seu dano com a espada ou até mesmo utilizar bombas e kunais com mais eficácia.

O jogador também tem a liberdade de coletar materiais diversos pelo caminho e utilizar eles em alguns NPC’s para fazer aprimoramentos nos seus itens.

O FAMOSO MODO FOTO

Algo que também chamou muito a atenção durante esta análise de Ghost of Tsushima foi o modo foto, ao pressionar apenas 1 botão podemos acessa-lo e assim capturar imagens incríveis, neste modo o tempo fica ‘pausado’ e podemos alterar o clima, o horário do dia para ter uma iluminação perfeita, posição do vento, as cores e até mesmo adicionar folhas caindo e diversos outros efeitos para tornar a sua foto perfeita.

AINDA MAIS DETALHES

Algo interessante na mecânica de gameplay é que você também pode utilizar o ambiente contra os seus inimigos, podendo atacar vespeiros, disparar flechas em barris explosivos e até mesmo soltar ursos presos para que eles ataquem os inimigos próximos.

Embora muitos aspectos visuais do jogo sejam incríveis, as expressões faciais dos personagens não se mostram muito agradáveis, durante os diálogos podemos perceber que boa parte dos NPC’s possuem animações faciais que são um pouco ‘travadas’.

Algo interessante nas opções do jogo é a possibilidade de ativar o modo “kurosawa” que funciona como um modo preto e branco, oferecendo uma experiência como nos antigos filmes japoneses.

O jogador também pode notar mudanças diversas no clima do jogo que podem oferecer momentos intensos, como períodos de chuvas, tempestades e neblinas.

ASPECTO SONORO

Outro ponto que merece elogios é a excelente qualidade da dublagem do jogo em Português do Brasil, isso mesmo, todo o jogo esta localizado para o nosso idioma e isso proporciona uma imersão muito maior para a sua jornada. Além disso o jogo também conta com efeitos sonoros bem trabalhados e toques dignos de filmes japoneses, tudo para trazer uma ambientação ainda mais fiel ao Japão.

CONCLUSÃO

Ao decorrer da nossa análise ficou claro que Ghost of Tsushima é sem duvidas um dos títulos mais interessantes já lançados para o PlayStation 4, os desenvolvedores da Sucker Punch realizaram um trabalho incrível ao trazer uma ambientação incrivelmente bela e um sistema de combate fluido e divertido. Contudo, as animações faciais do jogo deixam um pouco a desejar e algumas das missões do jogo são bastante simples. Mas, por outro lado o jogo também oferece uma boa sensação de recompensa ao jogador, a cada missão é possível sentir que esta progredindo e se tornando um samurai cada vez mais poderoso.


Jucélio “Lenda” Verissimo
PlayStation 4 (SLIM)

Ghost of Tsushima foi gentilmente cedido pela PlayStation para a realização desta análise.

Esta review representa a nossa opinião diante de tudo o que vimos e experimentamos, sabemos que cada pessoa possui opiniões diferentes em alguns aspectos, por isso sempre encorajamos que todos experimentem e tirem as suas próprias conclusões.

PONTOS POSITIVOS:

◆ Grande mundo aberto para explorar e com muitos objetivos extras pelo caminho;
◆ O visual e ambientação do jogo é incrivelmente belo e com muitos detalhes;
◆ Acompanha dublagem (áudio) e legendas completas para Português do Brasil;
◆ As missões secundarias e míticas também são interessantes;
◆ Todo o sistema de lutas é fluido e divertido;
◆ A história principal do jogo é imersiva;

PONTOS NEGATIVOS:

◆ Algumas animações ao correr em terrenos elevados e escadarias se mostraram imprecisas, algo que não é muito natural;
◆ A movimentação da câmera do jogo durante algumas lutas não é muito agradável;
◆ As expressões faciais não são muito boas e deixam a desejar;
Jogabilidade
9.5
Aspecto Visual
9.7
Aspecto Sonoro
10
Dificuldade
9.5
História
9.2
Diversão
9

Sobre o autor

Jucélio Verissimo
Jucélio Verissimo
2 anos como responsável pela Lenda Games, criando conteúdo em texto e streaming. Grande fã da banda finlandesa "Poets of the Fall". Considero os melhores jogos de todos os tempos como Grim Fandango, Twinsen's Odyssey, Final Fantasy VIII e Diablo 2, também sou o Fundador da Lenda Games.

RELACIONADOS

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

LANÇAMENTOS

Redes Sociais

20,717FansLike
984FollowersFollow
2,835FollowersFollow

PUBLICIDADE

PARCEIROS VERIFICADOS

PUBLICIDADE

ACOMPANHE NO FACEBOOK

PUBLICIDADE