Devil May Cry 5 – Análise

Um dos jogos Hack and Slash mais famosos do mundo esta de volta em seu mais novo título, Devil May Cry 5 foi uma grande aposta da Capcom para este ano de 2019 e utiliza o poder do motor gráfico RE Engine que também foi utilizado em títulos da franquia Resident Evil.

Neste novo título da franquia você luta ao lado de novos personagens como “V” e também famosos e muito conhecidos como Dante e até mesmo Nero, cada um possuí o seu próprio estilo de luta e isso torna a experiência ainda mais empolgante.

Devil May Cry 5 foi lançado em 8 de março de 2019 para as plataformas Xbox One, Playstation 4 e Computador.

Perigo em Red Grave City

Este novo título da franquia se passa cinco anos depois dos acontecimentos em Devil May Cry 4, em seus primeiros momentos você logo percebe que a famosa cidade de Red Grave City esta sendo ameaçada por um misterioso e poderoso demônio conhecido como ‘Urizen’ que esta usando um tipo de planta gigante ‘Qliphoth’ para aumentar o seu próprio poder, tudo isso em meio a uma destruição e demônios surgindo por todas as partes da cidade.

Algo que chama a atenção neste primeiro momento é que ao controlar o personagem ‘Nero’ você percebe que ele perdeu o seu braço demoníaco conhecido como ‘Devil Bringer’, por conta disso ele agora passa a utilizar o chamado ‘Devil Breaker’ um tipo de braço mecânico poderoso, esta arma foi construída por Nico a sua ‘Engenheira’ que cria diversos itens como este ao longo da sua aventura.

Brevemente depois você finalmente joga com o novo personagem “V” que se mostra uma pessoa misteriosa que segura um livro com a letra V e uma bengala, ele esta unindo forças com Nero e Dante para destruir Urizen, a sua mecânica de luta é bem diferente do que já vimos com outros personagens.

E é claro que Dante também é um personagem jogável e ele possui algumas habilidades interessantes, outros personagens famosos da franquia como Lady e Trish estão de volta mais uma vez lutando ao lado de Dante. Em algumas missões você também pode escolher jogar como Dante, Nero ou V.

Também existe um vídeo de ‘Introdução’ no menu do jogo que conta todos os acontecimentos da história dos títulos anteriores, recomendo fortemente que todos vejam antes de começar a sua aventura para ficar por dentro de todos os acontecimentos.

Diferentes modos de lutar

Entre os equipamentos usados por Nero estão a sua espada ‘Red Queen’ e os seus braços mecânicos chamados de ‘Devil Breakers’ que podem ser coletados também pelo chão ao longo das missões, eles possuem uma grande variedade de modelos e cada um deles tem habilidades únicas, como o Overture que ao utilizar pode soltar um tipo de choque elétrico que causa um alto dano aos inimigos próximos, outro interessante é o Punch Line que permite soltar o braço como um foguete e ele ataca os inimigos na área entre diversos outros Devil Breakers construídos por Nico.

A partir do primeiro momento que controla o personagem “V” você percebe que é possível atacar apenas mantendo distância dos inimigos, o seu combate é baseado em ‘invocações’ de criaturas conhecidos como ‘Grifo’ um tipo de águia que ataca a distância, ‘Sombra’ uma pantera que realiza ataques mais próximos e ‘Pesadelo’ um tipo de golem que apesar de atacar mais lentamente ele é muito poderoso e ao usá-lo o cabelo de “V” fica branco.

Dante tem a possibilidade de alternar facilmente a sua famosa espada ‘Rebellion’ para o ‘Devil Arm’ [Balrog] um conjunto de equipamento para as pernas e punhos que permite socar e chutar os inimigos para realizar diversos ataques especiais, tudo isso sem contar o fato de que você tem uma grande liberdade para alternar para armas de fogo como as famosas pistolas ‘Ebony & Ivory’, também é possível conseguir novas armas ao longo da aventura.

Melhorando o combate

Sempre antes de iniciar uma nova missão é possível gastar as suas Orbes Vermelhas [Coletadas durante as missões] para comprar mais Devil Breakers, fazer melhorias para a sua barra de vida, novas habilidades para as suas armas e também para adquirir Orbes Douradas que permitem que o jogador ressuscite com a vida cheia no mesmo lugar onde morreu durante o combate, entre diversos outros aprimoramentos.

Este painel de ‘Personalização’ pode ser acessado também ao encontrar um telefone [Ao jogar com Nero ou V] durante as missões, neste lugar é possível chamar a Nico e ela vem com o seu carro até o lugar em que você esta e então é possível adquirir novas melhorias, etc., ao jogar com Dante o ponto de acesso às personalizações são a ‘Estátua da Divindade’ que já esteve presente em títulos passados da franquia.

Estilos e aspectos empolgantes

Você conquista determinados ranks de estilo a cada uma das lutas que enfrentar, sempre que realizar combos e ataques poderosos de forma frequente é possível ver ao lado da tela os seguintes ranks Dismal, Crazy, Badass, Apocalyptic, Savage, Sick e o mais alto de todos Smokin’ Sexy Style [SSS]. De modo geral estes ranks podem subir mais rapidamente ao alternar de forma mais frequente as armas que esta utilizando durante a luta, assim criando novos tipos de combos e assim derrotando os inimigos com mais estilo.

E se achar um pouco complicado ficar alternando as armas durante a batalha ou nunca tenha jogado algum Devil May Cry no passado, você pode ativar uma opção chamada de “Assistência Automática” que alterna sozinho as armas durante os confrontos.

O visual do jogo esta incrivelmente belo e detalhado, todas as animações faciais dos personagens são extremamente bem feitas e proporcionam cenas incríveis durante a história, sem contar com a destruição em boa parte dos cenários nas lutas contra alguns inimigos.

Todo o aspecto sonoro possui diversos detalhes que chamam a atenção do jogador, toda a trilha sonora do jogo foi incrivelmente bem construída e cada personagem possui o seu próprio estilo de música que começa a tocar nos momentos que o seu ‘Rank de Estilo’ estiver alto durante as batalhas. [Impossível tirar a música Devil Trigger da cabeça]

Novidades em todos os momentos

Um ponto interessante que vale apena mencionar é a aposta dos desenvolvedores em um ‘recurso online’ apresentado pelo jogo, em algumas batalhas você pode perceber a presença de um ou dois ‘Personagens Fantasma’ de outros jogadores que ajudam a eliminar os inimigos, mas não chega a ser considerado um ‘Cooperativo’ como esperávamos.

Algo que também chama muito a atenção ao longo das missões é que apesar de possuir alguns monstros que já vimos no passado em outros títulos da franquia, existe uma excelente diversidade de monstros para enfrentar, proporcionando uma sensação nova durante as batalhas a cada novo encontro com os inimigos.

E não podemos deixar de mencionar as chamadas ‘missões secretas’ este tipo de missão pode ser localizado ao encontrar um tipo de ‘Simbolo Demoníaco’ escondido no ambiente, estas missões geralmente devem ser finalizadas em um curto espaço de tempo, mas podem conceder boas recompensas ao jogador.

Boa parte dos diálogos do jogo apresentam um tom ‘divertido’ ao conter algumas piadinhas entre os personagens, é realmente uma pena o jogo não ter Dublagem [Áudio] para Português do Brasil, mas as legendas no nosso idioma já ajudam muito no entendimento da história deste novo título.

Conclusão

Não tenho nenhuma dúvida de que este é o melhor jogo da franquia já lançado até hoje, seja por conta do seu alto nível de detalhes visuais, sua incrível trilha sonora ou uma grande empolgação durante as lutas em busca de um rank de estilo cada vez maior. Qualquer fã da franquia [ou até mesmo novos jogadores] irão adorar este novo título que se mostra não somente repleto de ação como também muito divertido.

Mas, preciso mencionar alguns pontos importantes, o jogo não é muito longo e o seu elemento ‘online’ se mostrou bem limitado como mencionamos anteriormente, não é como esperávamos. É realmente uma pena o game não possuir dublagem [Vozes] em português [O que teria sido realmente incrível durante a história], mas não é nada que prejudique muito a diversão do jogador durante a sua jornada.


Identificação de Credibilidade da Review

Jucélio “Lenda” Verissimo
Xbox One [FAT]

Digital Key provided by Capcom

Esta nossa análise de Devil May Cry 5 representa a nossa opinião diante do jogo, com base em tudo o que vimos e experimentamos durante o gameplay.

Recomendamos a todos que joguem e tirem as suas próprias conclusões, pois, sabemos que as pessoas têm opiniões e gostos diferentes.


Entenda as nossas notas e avaliações, acesse aqui!

PROS:

◆ Toda a trilha sonora se mostra empolgante e proporciona bons momentos durante o gameplay.
◆ O desempenho do jogo se mostrou excelente e não apresentou nenhum problema.
◆ Cada personagem tem características únicas durante os combates.
◆ Possui um visual incrível e repleto de detalhes.
◆ Diálogos muito divertidos durante a história.
◆ Oferece legendas em Português do Brasil.

CONS:

◆ Este jogo não possui dublagem [Vozes] para Português do Brasil como em muitos títulos lançados atualmente no nosso país.
◆ A campanha pode ser considerada um pouco curta, o que resta apenas jogar novamente nas dificuldades mais altas.
◆ O elemento 'Online' do jogo se mostra muito simples, não é como esperávamos.
Jogabilidade
9.5
Aspecto Visual
10
Aspecto Sonoro
10
Dificuldade
9.5
História
9.7
Diversão
9.5

Sobre o autor

Jucélio Verissimo
Jucélio Verissimo
2 anos como responsável pela Lenda Games, criando conteúdo em texto e streaming. Grande fã da banda finlandesa "Poets of the Fall". Considero os melhores jogos de todos os tempos como Grim Fandango, Twinsen's Odyssey, Final Fantasy VIII e Diablo 2, também sou o Fundador da Lenda Games.

RELACIONADOS

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

LANÇAMENTOS

Redes Sociais

20,715FansLike
984FollowersFollow
2,965FollowersFollow

PUBLICIDADE

PARCEIROS VERIFICADOS

PUBLICIDADE

ACOMPANHE NO FACEBOOK

PUBLICIDADE