Space Hulk: Tactics – Análise

 

O primeiro jogo eletrônico da franquia Space Hulk foi lançado para MS-DOS em 1993 e conquistou milhares de fãs. E agora estamos diante do mais novo jogo tático que é baseado no universo de Warhammer 40.000 onde você utiliza de elementos de estratégia e combates por turnos, Space Hulk: Tactics foi desenvolvido pela Cyanide e publicado pela Focus Home Interactive.

Lute em grandes confrontos entre os poderosos guerreiros chamados de Blood Angels e monstros alienígenas ferozes e mortais chamadas de Genestealers através de dois modos de campanha distintos e combates multijogador.

Space Hulk: Tactics foi lançado no mundo inteiro em 9 de outubro de 2018 para as plataformas Xbox One, Playstation 4 e Computador.

Confrontos perigosos no espaço

Logo em seus primeiros momentos em Space Hulk: Tactics você pode decidir entre dois tipos de facção para jogar a sua campanha, a facção dos Genestealers onde você controla os ferozes monstros alienígenas ou a facção dos Blood Angels, onde você luta ao lado de soldados poderosos usando grandes armaduras. Ao iniciar a sua aventura em uma das facções é possível perceber rapidamente que apesar de não possuir dublagem para Português do Brasil o jogo possui legendas completas para o nosso idioma, e isso proporciona uma experiência mais profunda na história do jogo.

Os confrontos durante o jogo se passam no chamado “Space Hulk”, um grande aglomerado de destroços de naves espaciais que ficam vagando pelo espaço, e também é o lugar onde vivem criaturas poderosas. Durante o seu jogo como um Blood Angel, por exemplo, você deve entrar nestes lugares ao lado dos seus companheiros, e conforme você avança é possível obter recompensas. Apesar de possuir uma boa ambientação com um toque obscuro, alguns efeitos gráficos e texturas especificas não são bem detalhados.

Sua missão principal na campanha dos Blood Angels é destruir o Space Hulk para impedir que ele se choque com a terra, durante a sua jornada existem em determinados momentos a escolha de deixar para trás um dos companheiros que formam o seu esquadrão, para que ele fique para trás lutando contra os inimigos enquanto você avança com os outros membros, é uma forma perigosa, mas também útil de economizar tempo.

Algo que também é muito interessante é a possibilidade de escolher entre as câmeras de Primeira Pessoa ou Top-Down onde é possível ver todo o mapa e ter um controle melhor sobre o posicionamento das suas unidades.

Inimigos que não param de caçar

Durante os confrontos você deve posicionar estrategicamente os seus soldados no seu campo de batalha, do contrario eles serão dizimados rapidamente pelos seus inimigos que se movem a cada novo turno. Dependendo dos objetivos da sua missão, os turnos podem ter limites específicos, forçando o jogador a pensar bem na sua movimentação para ter sucesso antes de chegar ao limite, do contrario a missão vai fracassar.

Sempre que terminar a sua rodada vai ser a vez do seu inimigo se movimentar e atacar, então esteja sempre preparado para o combate, pois em determinadas missões eles não param de chegar, e como existe um limite de rodadas para concluir os seus objetivos não é possível ficar segurando a sua posição para sempre.

Durante algumas missões é possível perceber que existem alguns “Portais” onde você pode usar estrategicamente para ter vantagem sobre os inimigos, e é possível perceber a presença de missões secundarias que podem ser muito uteis para adquirir prêmios extras e avançar ainda mais nos seus objetivos.

As melhorias podem mudar o destino da missão

Durante as suas batalhas existe a possibilidade de utilizar determinadas “Cartas” que ativam bônus especiais, que podem ser para aumentar o dano de ataque de uma das unidades, melhorar sua defesa ou até mesmo “converter” a carta e transformar em “PC” que são os pontos gastos ao movimentar as suas unidades pelo mapa. Somente é permitido utilizar e converter uma carta a cada rodada.

Sempre que finalizar uma nova missão, é possível obter um determinado material para aprimorar as suas unidades, este material é o chamado “Componente”. Antes de iniciar uma nova missão é possível utilizar este material em “upgrades” nas cartas dos membros do seu esquadrão, por exemplo, se estiver jogando como um Blood Angel é possível até mesmo trocar o tipo de armamento de alguns deles.

Outras maneiras de lutar

Existe a possibilidade de criar o seu próprio pelotão e participar de partidas online em um sistema de classificação independente, através destas partidas existe a possibilidade de escolher alguns dos vários esquadrões conhecidos da franquia, sendo alguns deles por exemplo “Blood Angels, Dark Angels, Space Wolves e os Ultramarines”, esquadrões de Genestealers também estão disponíveis e você pode confrontar outros jogadores em partidas do tipo Classificatória, Publica ou Contra I.A.

Outro modo interessante é o “Conflito”, onde é possível selecionar e criar as suas próprias missões personalizadas ou até mesmo entrar em missões criadas por outros jogadores. Mas, estes modos online podem ser problemáticos, já que o tempo para encontrar uma partida se mostrou muito acima do normal, forçando o jogador a lutar contra I.A.

Conclusão

Apesar de Space Hulk: Tactics se mostrar como um bom jogo tático, ele não possui um visual muito surpreendente, mas a possibilidade de escolher entre duas campanhas diferentes e alternar a visão do jogador entre primeira pessoa e top-dawn proporciona uma experiência diferente do que em outros títulos no mercado. A utilização do sistema de cartas de bônus nas partidas é algo que expande as possibilidades do combate, aumentando a capacidade do jogador de criar novas estratégias para então concluir sua missão, apesar de se mostrar um pouco complicado para jogadores que nunca tiveram a oportunidade de experimentar algo do gênero. Contudo, existem alguns pontos que não ocorrem com o planejado, os modos online se mostram muito difíceis de encontrar uma partida, tanto para Classificatórias quanto partidas Publicas.


Identificação de Credibilidade da Review

Jucélio “Lenda” Verissimo
Computador (PC)

Digital Key provided by Focus Home Interactive

Esta nossa análise de Space Hulk: Tactics representa a nossa opinião diante do jogo, com base em tudo o que vimos e experimentamos durante o gameplay.

Recomendamos a todos que joguem e tirem as suas próprias conclusões, pois, sabemos que as pessoas têm opiniões e gostos diferentes.


Entenda as nossas notas e avaliações, acesse aqui!

PONTOS POSITIVOS:

◆ O sistema de navegação de missões é algo muito promissor;
◆ Existe uma grande variedade de taticas para utilizar nos combates;
◆ Sistema de cartas de bônus funciona bem e oferece uma maior liberdade ao jogador;

PONTOS NEGATIVOS:

◆ Todos os modos online demoram muito para encontrar jogadores, algumas vezes nem é possivel encontrar partidas;
◆ Alguns detalhes visuais não possuem uma qualidade muito agradavel;
◆ Os comandos são dificeis de entender no inicio;
Jogabilidade
8.5
Aspecto Visual
7.5
Aspecto Sonoro
7
História
8
Dificuldade
8.5
Diversão
7
Multiplayer
4

Sobre o autor

Jucélio Verissimo
Jucélio Verissimo
2 anos como responsável pela Lenda Games, criando conteúdo em texto e streaming. Grande fã da banda finlandesa "Poets of the Fall". Considero os melhores jogos de todos os tempos como Grim Fandango, Twinsen's Odyssey, Final Fantasy VIII e Diablo 2, também sou o Fundador da Lenda Games.

RELACIONADOS

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

LANÇAMENTOS

PUBLICIDADE

PARCEIROS

PUBLICIDADE

ACOMPANHE NO FACEBOOK

INSTAGRAM