Dead Cells – Análise

Uma surpresa verdadeiramente agradável este ano foi o lançamento de Dead Cells, um game que mistura o melhor dos gêneros Metroidvania e Roguelike em masmorras desafiadoras geradas aleatoriamente. O game foi desenvolvido pelo estúdio independente Motion Twin.

Você controla um conjunto dos chamados “Cells” que assumem o controle do corpo de um soldado morto, mas você deve ser cuidadoso, pois sempre que o seu personagem morre você é levado ao inicio do jogo onde sera necessário começar tudo novamente, mantendo apenas as melhorias compradas em certos NPCs.

O lançamento de Dead Cells foi no dia 7 de Agosto de 2018, sendo disponibilizado para as plataformas Xbox One, Playstation 4, Nintendo Switch e Computador.

Aspecto visual

O game apresenta um visual retro ao melhor estilo clássico, oferecendo uma nostalgia sem fim para qualquer gamer que teve a oportunidade de jogar títulos do passado. Com muitos efeitos que proporcionam combates repletos de partículas voando para todos os lados, e uma ambientação unica em cada mapa em que você visita, seja nos “Esgotos Tóxicos” ou no “Castelo do Rei” você vai ter sempre uma experiencia agradável em toda a sua ambientação.

Todas as armas do jogo possuem um visual único, tanto na sua aparência quanto em seus efeitos, as granadas podem possuir variações que causam efeitos de fogo ou até mesmo congelamento dos inimigos, tudo isso com belos efeitos. O game também oferece legendas completas para o nosso idioma, o que proporciona momentos divertidos e que dão um toque descontraído durante os diálogos apresentados.

Jogabilidade

Apresentando combates rápidos e que por vezes requerem muita habilidade do jogador, não deixe estes gráficos enganarem você pois os desenvolvedores do jogo colocaram muitas surpresas mortais por todos os lugares. Os cenários que são gerados aleatoriamente, isso quer dizer que sempre que você morrer, além de ser levado de volta ao inicio do jogo você vai perceber que todo o percurso mudou, tornando tudo imprevisível e aumentando ainda mais o seu desafio.

Ao eliminar os seus inimigos você pode coletar moedas de ouro e “Cells” que são uma especie de célula de energia que pode ser utilizada para aprimorar diversos recursos do jogo, como a quantidade de poções e ouro que você pode carregar consigo e até mesmo itens mais poderosos. O ouro é algo muito importante, em determinadas áreas do jogo você vai encontrar NPCs que vendem itens mais poderosos em troca do seu ouro.

Para ajudar a enfrentar todos os desafios você conta com a presença de uma quantidade extraordinária de armas como espadas, escudos, bombas, e itens mágicos, muitas vezes você pode encontrar itens poderosos ao derrotar os chefões.

Modos de Jogo

Apresentando uma experiencia mais direta ao jogador, você tem a liberdade de jogar o modo normal com a sua história e personalidade própria e também pode enfrentar o desafio diário que traz uma experiencia ainda mais desafiadora, este tipo de desafio é baseado no tempo e quanto mais rápido você concluir melhor vai ser a sua colocação no rank, colocando um toque inesperado de competitividade no game.

Aspecto Sonoro

Todas as musicas e sons do jogo oferecem ainda mais nostalgia aos jogadores mais antigos, pois possuem toques que lembram muito alguns games clássicos, as musicas são variadas e alternam entre toques mais sombrios e mais rápidos, tudo dependendo do lugar em que você esta e quais desafios esta enfrentando no momento, proporcionando uma sensação envolvente ao jogador, tornando este um ponto muito interessante em Dead Cells.

Dificuldade

A palavra chave para Dead Cells é a dificuldade, o jogo é absurdamente difícil mas por outro lado tudo se torna altamente recompensador para qualquer um que estiver jogando. Vasculhar o máximo de lugares possíveis em cada mapa vai garantir que você encontre itens melhores e mais raros para enfrentar os chefões. Mas, deve tomar cuidado com os monstros “Elite”, eles são facilmente identificáveis e possuem uma força muito maior do que os outros monstros do cenário em que você esta, são como mini chefes e muitos tem a capacidade de invocar mais inimigos.

Existem alguns “Baús” especiais que você encontra durante o jogo, eles são grandes e podem até falar, e ficam o tempo todo pulando e pedindo para que você o mate, por mais engraçado que seja, não caia na tentação, mesmo recebendo bons prêmios ao eliminar este tipo de baú você também recebe uma maldição que vai fazer você morrer se levar apenas 1 dano de qualquer inimigo do jogo, mas por outro lado a maldição pode ser quebrada se você conseguir eliminar 10 inimigos sem sofrer dano, parece fácil não é? mas só parece mesmo.

Mas, nada se compara aos confrontos com os chefões, eles são altamente desafiadores e podem eliminar você facilmente com poucos golpes se não estiver bem preparado, então esteja pronto para morrer muitas vezes. Apesar do grande desafio que eles proporcionam, os chefões não estão em grande quantidade no jogo, deixando uma sensação de quero mais para aqueles que conseguiram vencer todos os desafios de Dead Cells.

Conclusão

Com certeza Dead Cells chegou como uma surpresa este ano, não esperava ter uma experiencia que proporcionasse muitas e muitas horas de gameplay, mesmo por conta da sua grande dificuldade dos inimigos que podem provocar a sua morte constantemente se não for cuidadoso. Mas algo que não permite que todo este processo de morrer e retornar se torne enjoativo é a geração aleatória dos cenários, tornando a cada morte uma experiencia nova e ao aprender com os erros das suas tentativas você pode encontrar itens ainda mais poderosos. Apesar da sua baixa quantidade de chefões, o game consegue oferecer uma sensação recompensadora ao jogador, tudo isso enquanto oferece diálogos que podem ser bastante divertido entre o seu personagem e as histórias reveladas ao longo da sua jornada, com toda a certeza Dead Cells vai estar na nossa lista dos melhores jogos independentes lançados em 2018.


Identificação de Credibilidade da Review

Jucélio “Lenda” Verissimo
Computador (PC)

Digital Key provided by Motion Twin

Esta nossa análise de Dead Cells representa a nossa opinião diante do jogo, com base em tudo o que vimos e experimentamos durante o gameplay.

Recomendamos a todos que joguem e tirem as suas próprias conclusões, pois, sabemos que as pessoas têm opiniões e gostos diferentes.


Entenda as nossas notas e avaliações, acesse aqui!

PONTOS POSITIVOS:

◆ Apesar da sua alta dificuldade o game proporciona uma experiencia recompensadora ao jogador;
◆ Todas as artes e efeitos oferecem uma ambientação e combates agradáveis;
◆ Oferece momentos divertidos nos diálogos do jogo;
◆ Possui uma jogabilidade rápida e fácil de entender;

PONTOS NEGATIVOS:

◆ Não possui uma grande variedade de chefes para enfrentar;
◆ Apesar de possuir cenários gerados aleatoriamente os inimigos são sempre os mesmos;
Jogabilidade
10
Aspecto Visual
9
Dificuldade
10
Trilha Sonora
9
Modos de Jogo
8.5
Diversão
9.5

Sobre o autor

Jucélio Verissimo
Jucélio Verissimo
2 anos como responsável pela Lenda Games, criando conteúdo em texto e streaming. Grande fã da banda finlandesa "Poets of the Fall". Considero os melhores jogos de todos os tempos como Grim Fandango, Twinsen's Odyssey, Final Fantasy VIII e Diablo 2, também sou o Fundador da Lenda Games.

RELACIONADOS

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

LANÇAMENTOS

Redes Sociais

20,684FansLike
984FollowersFollow
3,015FollowersFollow

PUBLICIDADE

PARCEIROS VERIFICADOS

PUBLICIDADE

ACOMPANHE NO FACEBOOK

CONSOLES