Top 5 – Personagens LGBTTQ+ que são destaque nos Videogames! Todos mostrados de forma apropriada

Top 5 - Personagens LGBTTQ+ que são destaque nos Videogames!

Neste mês de junho é comemorado o Orgulho LGBTTQ+ e para celebrar vamos relembrar alguns dos heróis e heroínas LGBT que são estrelas em muitos jogos famosos que todos nos jogamos e amamos, e que mostra que os videogames sempre estiveram a frente na busca de representar todos os tipos de pessoas participantes da sua massiva comunidade de jogadores.

Ellie – The Last of Us
The Last of Us - Left Behind
The Last of Us: Left Behind – Ellie e sua – crush – Riley!

Atualmente Ellie é uma das principais protagonistas dos jogos eletrônicos, após o final do jogo a garota recebeu uma história onde mostra sua primeira namorada, uma garota chamada Riley que anteriormente era sua amiga no Internato, isso bem antes de conhecer Joel.

No segundo trailer da aguardada sequência do título revelado pela Naughty Dog, é apresentado a nova vida de Ellie e sua nova namorada que aparentemente está em um triangulo amoroso a envolvendo, o vídeo ficou famoso por mostrar um dos primeiros beijos realistas feitos em uma cutscene de videogame.

O que faz de Ellie a principal personagem LGBTTQ+ no mundo dos jogos eletrônicos é a retratação feita de forma a não sexualizar seus relacionamentos, mostrando sua necessidade mais humana que é ser amada e amar quem ela deseja.

Sylvando – Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age
Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age
Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age – Sylvando e o Protagonista em toda a sua glória!

A representação da comunidade LGBTTQ+ em jogos japoneses por décadas sempre foram de forma extremamente pejorativa e danosa, ridicularizando seus personagens em forma de comédia, eu não posso dizer se sua representação foi natural, mas ele se tornou um dos personagens mais interessantes e divertidos da trama, oficialmente não é revelado a preferência sexual, mas sua representação e personalidade é extremamente queer.

Contrariando a vontade de seu pai, o cavaleiro Norberto Rodrigo, Sylvando se tornou um artista circense com o objetivo de espalhar alegria pelo mundo, sua principal característica é sua compaixão pelas pessoas, toda sua aparência é similar a características de pessoas da comunidade LGBTTQ+.

Bloodhound – Apex Legends
Apex Legends - Bloodhound
Apex Legends – Bloodhound é um dos personagens mais misteriosos do Battle Royale!

Quando Apex Legends foi lançado uma das coisas que mais me chamou atenção é que seus personagens são muito variados e representativos, desde Gibraltar que é claramente inspirado nos Maoris da Nova Zelândia, Lifeline que tem sotaque e nomes bastante africanos e por fim Bloodhound que é um mistério para todos, apenas sabemos que ele é um Não-Binario.

Não é fácil explicar ou entender o que é uma pessoa de sexualidade Não-Binaria ao primeiro contato, este é um termo que engloba vários tipos de gêneros, pode parecer uma invenção dos tempos modernos, mas não é, isso sempre existiu na história humana.

Tracer – Overwatch
Overwatch - Tracer
Overwatch – Tracer é a queridinha de todos!

Atualmente Tracer é uma das personagens mais famosas dos jogos de videogame que tem sua sexualidade assumida em uma história em quadrinhos, quando Overwatch foi lançado, Tracer logo se tornou a cara do jogo sendo até mesmo capa das versões físicas.

A forma como a estrela de Overwatch se tornou parte da comunidade LGBTTQ+ foi de forma muito natural em uma história, o que reforça sua identidade homossexual, não apenas uma estatística na ficha de personagem, representatividade não acontece apenas em uma afirmação do criador do personagem sobre sua sexualidade, mas de uma história mostrando que aquilo não é uma escolha, mas parte de sua vida.

Commander Shepard – Mass Effect
Mass Effect - Shepard
Mass Effect – Shepard pode se relacionar até mesmo com outras raças.

De todos os personagens principais que podem escolher sua sexualidade o Comandante Shepard ou a Comandante Shepard se destaca pela sua variedade de potenciais amorosos durante a jornada em Mass Effect, dando ao jogador a opção de expressar sua sexualidade jogando como quiser, seja qual for a sexualidade do próprio jogador, mostrando romance de forma bastante madura.

Quando se trata de ficção científica, principalmente quando estamos falando de uma sociedade que já pode viajar para outros planetas, interagir com outras raças, acesso a conhecimento e tecnologia como nunca antes e a oportunidade de conhecer novas culturas, é natural que os preconceitos de sexualidade e raciais se tornem obsoletos e algo primitivo, isso é um dos valores que a ficção científica sempre quis mostrar aos consumidores de histórias sci-fi, a escolha de dar liberdade a Shepard escolher sua sexualidade pelo jogador apenas reflete os valores de ficção científica de Mass Effect.

Gostou do artigo? Compartilhe!
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Acompanhe a Lenda Games no Facebook, Twitter, Instagram, Mixer, Twitch e Youtube.

Comentários

Publicidade