Top 5 – Alguns dos melhores jogos da Ubisoft! Greatest Hits que fizeram a diferença

Top 5 - Alguns dos melhores jogos da Ubisoft!

Ubisoft é uma das principais desenvolvedoras e publicadoras de jogos no mundo, mas nem todos os jogos lançados por uma desenvolvedora merecem destaques, já outros são verdadeiras preciosidades esquecidas com o tempo ou não recebera a atenção que deveriam.

Beyond Good and Evil

Além de ser um clássico, Beyond Good and Evil é um dos excelentes jogos de aventura e ação de mundo aberto dos anos 2000 e que ganhará uma sequencia em breve, você assume o papel de Jade que é uma jornalista em busca da verdade.

Por séculos o planeta Hyllis tem sido bombardeado por uma implacável raça alienígena. Cética em relação a incapacidade de seu governo em repelir os invasores, a rebelde repórter de ação chamada Jade vai em busca da verdade. Armada com sua câmera, pessoal dai-jo e sua feroz determinação, ela descobre uma chocante evidência que a leva a uma horrível conspiração do governo, e é forçada a lutar com um mal que ela não poderia imaginar.

O jogo foi criado por Michel Ansel de Rayman para ser uma trilogia, o primeiro jogo não foi um sucesso comercial, mas um sucesso de criticas sendo nomeado para jogo do ano no Game Developers Choice Awards.

South Park: The Stick of Truth

Nenhum jogo baseado na série de animação adulta South Park superará o RPG baseado em turnos lançado em 2004, South Park: The Stick of Truth superou bastante as expectativas sendo uma aventura divertida pela cidade do Colorado.

Dos perigosos campos de batalha do playground da quarta série, um jovem herói se levantará, destinado a ser o salvador de South Park. Dos criadores de South Park, Trey Parker e Matt Stone, vem uma jornada épica para se tornar… legal.

Lançado em 2014 o jogo foi desenvolvido pela Obsidian Entertainment com a colaboração da South Park Digital Studios e publicado pela Ubisoft.

Começando seu desenvolvimento em 2009, o jogo foi idealizado para refletir a série de TV em conjunto com os criadores da franquia Trey Parker e Matt Stone após se aproximarem da Obsidian, apesar da produção turbulenta tendo seus direitos repassados para a Ubisoft após os problemas de falência da THQ, o jogo foi um sucesso.

Watch Dogs 2

O primeiro jogo da franquia Watch Dogs mostrava uma ótima ideia mas não tão bem executada e com um personagem que não se destacava devido sua falta de carisma, já em Watch Dogs 2 a franquia teve uma evolução não somente em sua jogabilidade, mas em seu visual o transformando em algo que capta muito bem o imaginário dos grupos de hackers.

Jogue como Marcus Holloway, um hacker genial no berço da revolução tecnológica, a área da baía de São Francisco.

Junte-se ao Dedsec, um grupo notório de hackers, para executar o maior hack da história; derrube o ctOS 2.0, um sistema operacional invasivo que está sendo usado por um gênio do crime para monitorar e manipular os cidadãos em uma escala massiva.

A continuação foi garantida pelo sucesso de vendas do primeiro jogo, sendo desenvolvido pela Ubisoft Montreal, o jogo foi lançado no ano de 2016.

Assassin’s Creed II

É aqui que realmente começa a franquia Assassins Creed, se você apenas só jogou o primeiro jogo, não sabe o verdadeiro potencial de Assassins Creed e o porque a franquia se tornou tão popular apesar de lançar muitos jogos que não possuem uma qualidade esperada.

Assassin’s Creed II apresenta você a Ezio, um novo assassino que carrega a linhagem mortal de seus ancestrais. Confronte uma trama épica de poder e corrupção enquanto aprimora sua arte de Assassino, manuseando armas e instrumentos projetados pelo lendário Leonardo Da Vinci em pessoa, nessa cativante e mortal continuação.

Seu desenvolvimento foi confirmado em 2008 por Yves Guillemot, tendo recebido um trailer oficial na E3 de 2009 e sendo lançado no ano de 2009 para consoles e posteriormente em 2010 para PC, sendo o primeiro jogo da trilogia de Ezio Auditore um dos personagens mais amados da franquia.

Child of Light

Quando eu fui jogar Child of Light foi a primeira vez em muito tempo que eu joguei novamente um jogo de RPG baseado em turnos o que me fez redescobrir as alegrias dos jogos de RPG japoneses do passado, sendo um jogo desenvolvido para ser artístico já que foi desenvolvido no motor gráfico chamado de UbiArt.

Aurora, uma jovem de 1895 na Áustria, acorda no continente de conto de fadas perdido da Lemúria. Para voltar para casa, ela deve lutar contra as criaturas das trevas da Rainha da Noite, que roubaram o sol, a lua e as estrelas. Em jogo não esta apenas a Lemúria, mas o verdadeiro destino de Aurora.

O jogo foi revelado pela primeira vez em 2013 pelo diretor criativo Patrick Plourde sendo inspirado pelo Studio Ghibli e Yoshitaka Amano em sua arte e sendo similar a jogos como Vagrant Story, Final Fantasy VIII e Limbo.


Todo mundo adora fazer listas e não somos diferentes, Top 5 é uma coluna que fala sobre cultura dos videogames, jogos específicos de forma a entreter e ensinar sobre o mundo dos jogos. Criticas, elogios e sugestões nos comentários!

Gostou do artigo? Compartilhe!
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Whatsapp
Whatsapp

Sulean "Nymphetamine" Moura

Sulean "Nymphetamine" Moura

Gamer desde os 5 anos, começando pelo Megadrive com Sonic, passando pelo Super Nintendo, Playstation até chegar no PC, hoje me dedico aos RPG's e a escrever sobre jogos. Twitter: @Ninfetamina1337

Ver perfil de Sulean "Nymphetamine" Moura →

Comentários

Publicidade

Publicidade